Petit e o início de época do Boavista: "Não sabemos o que vai acontecer com o Mundial..."

Petit e o início de época do Boavista: "Não sabemos o que vai acontecer com o Mundial..."

Petit, treinador do Boavista, esteve esta quinta-feira no World Scouting Congress, no Porto

Nem na época do título, o Boavista tinha tantos pontos: "Desde que cheguei, tentei melhorar as coisas. Estamos a dar passos firmes. Temos melhorado a estrutura e estamos muito mais fortes em certos departamentos. Ainda temos algumas dificuldades, mas queremos, ano após ano, crescer e valorizar jogadores. Pensamos dia a dia e, a seu tempo, o Boavista vai ter o seu espaço. É fácil chegar lá acima, mas se não tiveres bases podes cair e não te levantares. Temos uma estrutura forte, uma equipa técnica que sabe o que quer para a formação e para o futuro do Boavista. Estamos firmes, com um misto de jogadores jovens e da formação com outros que conhecem o futebol português. Estamos a arrancar bem, mas ainda temos muitos jogos pela frente."

Já não é o rei dos empates: "Nesses empates, estivemos muito mais perto de ganhar do que perder. Todos os dias queremos melhorar e dar boa resposta nos jogos. A nossa ambição é sermos sempre melhores do que ontem e estarmos mais preparados para amanhã."

É cedo para falar em Europa: "Já estamos na Europa. Trabalhamos dia a dia, temos cinco vitórias em sete jogos, 15 pontos. Vamos à procura dos 18, é isso que digo aos jogadores, porque não sabemos o que vai acontecer daqui a um ou dois meses, com o Mundial. Pensamos já no Famalicão, que tem um treinador novo."