João Pedro Sousa e a saída do Boavista: "Recebi uma proposta irrecusável..."

João Pedro Sousa e a saída do Boavista: "Recebi uma proposta irrecusável..."

Mensagem do ex-treinador axadrezado publicada na rede social Instagram

João Pedro Sousa, sucedido por Petit no comando do Boavista, assumiu que saiu do clube axadrezado em função de um contrato financeiramente superior oferecido pelo Al-Raed (Arábia Saudita), pedindo compreensão aos boavisteiros pela opção tomada.

"Recebi, nas últimas horas, uma proposta irrecusável de um clube estrangeiro, uma situação inesperada. Vi-me confrontado com uma grande oportunidade para a minha carreira. (...) Espero que [os adeptos] compreendam esta minha decisão, principalmente os sócios e adeptos, a quem peço que nunca deixem de apoiar os jogadores, que merecem a maior sorte do mundo", afirmou o técnico português.

João Pedro Sousa, cuja saída, por mútuo acordo, foi anunciada esta terça-feira, detalhou que o presidente Vítor Morta "percebeu os argumentos" apresentados para a mudança na carreira e "permitiu que fosse possível chegar a um entendimento" para a rescisão.

O técnico salientou que, ao longo dos meses passados no Boavista, "senti sempre um grande apoio por parte de toda a estrutura" do emblema axadrezado, denotando que esta "proporcionou as condições para ter sucesso" à frente das panteras.

João Pedro Sousa chegou ao Estádio do Bessa no último verão, tendo assinado por duas temporadas (2022/23). Ao cabo de mais de quatro meses, deixa o clube situado na 11.ª posição da Liga Bwin e fora da Taça de Portugal e da Taça da Liga.