Jorge Simão deixa aviso: "A primeira parte não deveria ter acontecido"

Jorge Simão deixa aviso: "A primeira parte não deveria ter acontecido"

Boavista perdeu em Alvalade por 3-0 e treinador não gostou do que viu

Análise ao jogo: "Considero uma vitória justa do Sporting. Merecíamos um golo. Tivemos uma primeira parte que não foi boa, faltou-nos bola para respirar e circular, jogar. Associado a isso, não conseguimos ser pressionantes, abrimos muitos espaços. Recuperámos a bola em situações dificeis e não conseguíamos sair para o ataque. Na segunga parte entrámos com uma postura diferente, como devíamos ter entrado na primeira parte. Sofremos o segundo golo, que acho que nasce de uma falta que devia ter sido ao contrário. E depois o terceiro golo fechou o jogo em termos de resultado. Faltou-nos um golo para que nos sintamos reconhecidos, principalmente na segunda parte.

Saída de Idris aos 43 minutos. "Não esperei pelo intervalo porque sentia a proximidade de segundo golo do Sporting e era importante um jogador que segurasse a bola e circulasse. Conseguimos fazer isso na segunda, fomos mais agressivos, pressionantes e com capacidade para segurar a bola. O segundo golo abanou-nos e o terceiro deitou por terra a esperança de discutir o resultado. Fica a necessidade de refletir e melhorar. A primeira parte não deveria ter acontecido. A primeira bola de golo até é nossa, mas depois o Sporting tomou conta do jogo e tivemos dificuldade em ter a bola."