Iván Bulos não durou dois meses neste regresso ao Boavista

Iván Bulos não durou dois meses neste regresso ao Boavista

O avançado, que estava a recuperar de uma lesão antiga, foi emprestado aos croatas do HNK Hajduk Split

O Boavista anunciou que o seu plantel para esta épocaserá composto por 31 jogadores e inclui quatro guarda-redes, três ex-juniores e 14 reforços, informando ainda que o atacante Iván Bulos será emprestado.

Os axadrezados mantiveram 13 jogadores da equipa que concluiu a temporada anterior no oitavo posto, anunciaram as saídas do defesa Gonçalo Cardoso (West Ham, de Inglaterra), Falcone, Fábio Espinho, Talocha, André Claro, Koneh, Sparagna e Perdigão, sendo que os "dois últimos ainda sem colocação".

O grupo ao dispor do treinador Lito Vidigal conta ainda com o médio Tomás Reymão, proveniente da extinta equipa B boavisteira.

A SAD axadrezada informou também que o avançado peruano Iván Bulos, que continuava a recuperar de uma lesão antiga, "será cedido, por uma época desportiva, ao HNK Hajduk Split", da primeira divisão da Croácia.

Bulos esteve menos de dois meses no Boavista, tendo sido anunciado em 9 de julho, e já havia jogado pelo clube na segunda metade da época 2016/17 e na primeira da seguinte.

O Boavista ainda não perdeu na presente edição da I Liga portuguesa de futebol, volvidas quatro jornadas, ocupa o quarto lugar, com oito pontos, e na próxima ronda recebe o Sporting, quinto, com sete, no Estádio do Bessa, no Porto.