Boavista vai recorrer dos castigos a Fary e Jorge Couto: "Injustos e exagerados"

Boavista vai recorrer dos castigos a Fary e Jorge Couto: "Injustos e exagerados"

SAD considera penas aplicadas "injustas, exageradas e desproporcionais" em relação às que foram instauradas a outros agentes desportivos no jogo com o Rio Ave.

O Boavista vai recorrer dos castigos aplicados pelo Conselho de Disciplina da FPF a Fary e a Jorge Couto na sequência de ocorrências verificadas no jogo de sábado dos axadrezados com o Rio Ave. Fary, diretor desportivo do Boavista, e Jorge Couto, treinador adjunto, foram suspensos por 21 e 15 dias, respetivamente.

Fonte da SAD adiantou que "foi com enorme surpresa que o Boavista FC teve conhecimento dos castigos aplicados esta terça-feira pelo CD da FPF". A SAD decidiu assim "recorrer das penas aplicadas a Fary Faye e Jorge Couto por as considerar injustas, exageradas e desproporcionais tendo em conta as penalizações aplicadas a outros agentes desportivos presentes no mesmo jogo", referindo-se me concreto a Miguel Cardoso, treinador do Rio Ave, que foi suspenso por oito dias depois de ter esticado os dedos médios na direção do banco dos axadrezados na ponta final do encontro que terminou empatado a três golos.