A nova vida de Léo Jardim, um dos destaques do Boavista

A nova vida de Léo Jardim, um dos destaques do Boavista
Cristina Aguiar

Tópicos

O guarda-redes foi determinante, ao manter a vantagem sobre o Moreirense, no regresso da equipa às vitórias no Bessa.

O sol voltou a sorrir para os lados do Bessa, depois do triunfo sobre o Moreirense, num de muitos jogos em que o Boavista terá de correr contra o tempo para fugir aos lugares de descida. O golo de Angel Gomes, num livre de antologia, circulou pelas redes sociais, mas nesta história coletiva entra um capítulo especial dedicado a Léo Jardim. A grande defesa com o peito, nos minutos finais desse encontro, anulou o empate ao adversário e manteve o Boavista na rota da vitória.

A ação de Léo Jardim mereceu o reconhecimento por parte de Jesualdo Ferreira, no final do jogo, no qual Angel Gomes absorveu todos os elogios: "O Léo, por exemplo, provavelmente um jogador que se tem falado pouco, teve um nível muito alto no Dragão e hoje [sexta-feira n.d.r.]. É importante e continuará a ser no futuro. Acho que o que vier a seguir, tem de ser melhor. É a exigência que vamos pôr, independentemente do adversário". O treinador percebeu o significado dos festejos de Nuno Santos e de Reggie Cannon com o guarda-redes, ainda na baliza, onde tudo acontecera. Léo Jardim teve a oportunidade de ser destacado por razões positivas, superando as estatísticas que o colocavam no guarda-redes com mais golos sofridos na I Liga.

Números que nunca afetaram a confiança, primeiro de Vasco Seabra, e depois de Jesualdo Ferreira, que o manteve entre os postes, apesar das adversidades. Léo Jardim regressou a Portugal para relançar a carreira, porque no Lille o titular era Mike Maigan. O brasileiro foi, então, cedido ao Boavista, podendo resgatar a boa imagem deixada ao serviço do Rio Ave, em 2018/19. Léo agarrou o lugar, afirmou-se como sucessor de Helton Leite, que seguiu para o Benfica, e é totalista dos axadrezados.

Numa semana, Léo Jardim ganhou outro alento. Com o FC Porto, no empate a dois golos, foi um gigante na baliza e na passada sexta-feira, repetiu a proeza e juntou-se ao brilho de Angel Gomes.