"Vou ver o FC Porto-Sporting como outra pessoa qualquer que gosta de futebol"

"Vou ver o FC Porto-Sporting como outra pessoa qualquer que gosta de futebol"

Nélson Veríssimo abordou, após a vitória por 2-0 frente ao V. Guimarães, o clássico que pode dar o título ao FC Porto e a saída de Weigl na primeira parte. O treinador do Benfica deixou ainda um abraço de solidariedade a Luís Filipe Vieira.

Clássico entre FC Porto e Sporting: "Estava a torcer para ganharmos ao Vitória. Amanhã [quarta-feira] vou ver o jogo como outra pessoa qualquer que gosta de futebol e que gosta de ver um jogo bem jogado. Vou ver pelo jogo, o resultado vai ser o que for. Não vou ter preferência, porque o jogo vai decorrer e o resultado há de aparecer."

Ainda acredita no título? "Matematicamente ainda é possível e estamos sempre a acreditar enquanto for possível. Mas temos consciência de que a situação não é fácil, daí o discurso do jogo a jogo. Só conseguimos controlar o nosso jogo. O resto não depende de nós, vamos centrar nos nossos jogos. Estamos cá para ver o que acontece."

Abraço para Luís Filipe Vieira [arguido no processo Saco Azul]: "Aproveito para dedicar a vitória ao presidente Luís Filipe Vieira e enviar um grande abraço de solidariedade."

Saída de Weigl na primeira parte: "Reconheci a necessidade de tirar o Julian Weigl fruto do momento do jogo. Tinha cartão amarelo e fruto de algumas decisões tomadas decidimos que era altura de sair. Não vou discutir se as faltas mereciam amarelo, porque ainda não vi os lances. Mas foi uma decisõ tomada em função daquele momento do jogo."