"Vice" sai em defesa de Jesus: "Demissão? Não faz sentido colocar essa questão"

"Vice" sai em defesa de Jesus: "Demissão? Não faz sentido colocar essa questão"
Vítor Rodrigues

Tópicos

Jaime Antunes, conhecido crítico do treinador encarnado, diz que "não faz sentido" falar em demissão

A relação entre Jaime Antunes, atual vice-presidente da Direção do Benfica, e o treinador Jorge Jesus nunca foi de cumplicidade e proximidade, pelo contrário, mas o dirigente optou agora por vir a terreiro defender o técnico, cujo futuro nas águias está em avaliação, na sequência da derrota com o Sporting, mas também pelo ciclo infernal que se segue até final do ano e cujo desfecho poderá levar o presidente Rui Costa a alterar os seus planos e optar por mudanças mais drásticas.

Voltando a Jaime Antunes, que ainda em maio se envolveu num bate-boca com Jorge Jesus por causa da necessidade do treinador, na sua opinião, necessitar de mais "humildade", agora prefere reforçar que o técnico "tem contrato com o Benfica até ao final da época e o presidente do Benfica tem deixado claro que os contratos são para cumprir. Estamos no início da época e não faz sentido colocar essa questão, é tudo especulação dos "media". É um assunto que está entregue ao presidente [Rui Costa] e ele, melhor do que ninguém, saberá gerir essa situação", afirmou, em entrevista à Rádio Renascença e também à Antena 1, poucas horas depois de vários órgãos de comunicação social, entre os quais O JOGO, apontarem para o cenário de saída de Jesus.

Referindo que a decisão sobre o futuro do técnico não é da sua competência, o vice-presidente considera que "é o treinador do Benfica e, portanto, é o treinador que temos de apoiar". "Temos de estar com o treinador e com a equipa para, já na quarta-feira, darmos uma demonstração do nosso real valor", atirou, referindo-se à receção ao Dínamo Kiev, para a Liga dos Campeões, insistindo que "não tem sentido discutir a época, pois está agora no início".
Para trás fica a derrota na Luz com o Sporting (1-3), que deixou as águias com "azia".

"A derrota com o Sporting foi um acidente no percurso do Benfica nesta época. Os sócios e os benfiquistas com certeza ainda estão a sofrer essa derrota, mas o nosso pensamento já está é na quarta-feira e a nossa equipa profissional vai dar uma demonstração do seu profissionalismo, da sua grande capacidade e já estamos a olhar para a frente porque é muito importante o Benfica fazer o seu trabalho, ganhar em casa para poder seguir em frente na Liga dos Campeões", completou.