Veríssimo assume saída do Benfica e vontade de treinar no estrangeiro

Veríssimo assume saída do Benfica e vontade de treinar no estrangeiro

Declarações do treinador do Benfica, na conferência de imprensa de antevisão ao encontro com o Marítimo, referente à 32.ª jornada da Liga Bwin.

Roger Schmidt: "Houve um comunicado oficial do Benfica que diz que existem conversações. Daquilo que eu percebi, o treinador preferiu não comentar e não vou ser eu a fazê-lo."

Futuro: "É minha intenção dar continuidade à carreira de treinador principal fora do Benfica e será desejo meu que seja fora do país. É uma ideia, um sonho, algo que gostava de experimentar, uma aventura fora do país. Independentemente disso, dessa vontade, de sublinhar que ainda temos três jogos pela frente: Marítimo, FC Porto e Paços. O foco está direcionado para a preparação dos treinos e estratégia para os três jogos."

Conversas com Rui Costa: "Falámos várias vezes. Desde o princípio sabia qual era a minha missão. Sempre soube de tudo o que se estava a passar. Tudo foi tratado de uma forma muito clara. Só tenho de agradecer a oportunidade."

Marítimo: "Vai ser um jogo difícil. Os jogos na Madeira são sempre difíceis. Desde que o Vasco [Seabra] entrou para comandar a equipa do Marítimo, notou-se um crescimento acentuado naquilo que é a ideia de jogo. É uma equipa que, nos jogos com os grandes, cria sempre dificuldades. Vamos ter de estar num nível muito bom para contrariar a equipa do Marítimo, que já se encontra numa posição confortável e joga em casa. Naturalmente, vai tentar a vitória, pelo que sabemos que vai ser um jogo difícil. Temos de estar muito concentrados e focados, muito intensos na forma de jogar e com um compromisso muito grande."