Velho conhecido pode ser reforço de peso no Benfica: confira os pormenores

Velho conhecido pode ser reforço de peso no Benfica: confira os pormenores
Vítor Rodrigues/Marco Gonçalves

Tópicos

Aos 33 anos, David Luiz ainda não sabe se o Arsenal vai acionar a renovação por mais um ano. Luís Filipe Vieira está informado da situação e já o fez saber ao defesa e ao seu empresário.

Tudo se conjuga para que a vontade de todas as partes permita discutir um desejo antigo. David Luiz pode, aos 33 anos, regressar ao Benfica, que há muito informou o jogador de que teria sempre abertas as portas do Estádio da Luz.

Segundo O JOGO apurou, essa manifestação de total disponibilidade das águias voltou a ser manifestada ao central brasileiro no início desta semana, numa fase em que o seu futuro permanece indefinido.

O contrato do internacional canarinho contempla uma cláusula de renovação a ser exercida antes do final de junho pelo Arsenal, não tendo ainda os dirigentes dos "gunners" informado o jogador da decisão de o manter mais uma temporada no Emirates Stadium.

Nesse sentido, David Luiz e o empresário Giuliano Bertolucci, o mesmo que representava o capitão Luisão, estão a considerar todas as opções e, após contacto da SAD benfiquista, ficaram a saber que Luís Filipe Vieira está disponível a receber o jogador que despontou na Luz em 2006/07, de onde saiu em 2011 para rumar ao Chelsea, que desembolsou 25 milhões de euros pelo defesa.

Existe, desta forma, interesse do Benfica em voltar a contar com um jogador de qualidade e experiente, mas também de David Luiz, que sempre afirmou querer voltar. Ainda o fez há poucos dias, manifestando a intenção de o regressar enquanto tiver "pernas para correr". "Não vou para o Benfica para andar lá a arrastar-me", disse no passado dia 21 à BTV.

Porém, há ainda um obstáculo importante e que tem a ver com a parte salarial. David Luiz aufere perto de quatro milhões de euros, cerca do dobro do limite atual do plantel benfiquista, o que torna este processo mais difícil e todas as partes estão conscientes deste problema. Falta, além disso, a decisão do Arsenal.