Todos os pormenores do "sim" de Rafa ao Benfica

Todos os pormenores do "sim" de Rafa ao Benfica
João Sanches

Tópicos

O jogador fintou a derradeira investida do Zenit e vai agora arrecadar um salário anual de 2,5 milhões de euros brutos na Luz, passando a ser a segunda contratação mais cara dos encarnados.

Com as ofertas em cima da mesa, António Salvador, presidente do Braga, pediu a Rafa que decidisse onde queria prosseguir a carreira, e o jogador, depois de ponderar vantagens e desvantagens, disse "sim" ao Benfica. O Zenit, um dos interessados (a par do FC Porto), com emissários em Portugal, ainda fez uma derradeira investida, mas foi fintado pela vontade do internacional luso, que fechou o dia em Lisboa, comprometendo-se com as águias por cinco temporadas, a troco de um salário bruto de 2,5 milhões de euros/ano. O tricampeão paga 16 milhões de euros por 90 por cento do passe e, além disso, deverá encaminhar para o clube minhoto o avançado Rui Fonte (definitivo), o médio Celis e o extremo/avançado Benítez.

O valor que o clube liderado por Luís Filipe Vieira aceitou desembolsar para garantir Rafa faz com que esta contratação seja a segunda mais cara da história do Benfica, apenas superada pelos 22 milhões de euros canalizados pelos encarnados para a aquisição definitiva e integral do passe de Raúl Jiménez.

Rafa - que jantava em Lisboa quando a transferência e os respetivos valores envolvidos foram revelados pel"O JOGO online - é visto na Luz como uma opção para atuar mais vezes como segundo avançado do que extremo.