Simões: "Continuidade de Vieira é essencial"

Simões: "Continuidade de Vieira é essencial"

António Simões, antigo futebolista do Benfica, elogia o trabalho desenvolvido pelo presidente das águias.

O antigo futebolista António Simões considera "essencial" a continuidade de Luís Filipe Vieira na presidência do Benfica, manifestando-se convicto de que "ainda tem projetos para dimensionar o Benfica a um patamar ainda mais elevado". "Sei que o nosso presidente ainda tem projetos para dimensionar o nosso clube a um patamar ainda mais elevado. A sua continuidade à frente dos destinos do Benfica afigura-se-me essencial", disse Simões, em conferência de imprensa num restaurante do Estádio da Luz, que simbolizou o lançamento do movimento "Benfica para a Frente, Vieira a Presidente".

António Simões defendeu na ocasião que Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica desde novembro de 2003, "iniciou uma obra em condições muito adversas", tendo "devolvido ao clube honradez, traços de efetiva modernidade e o trilho de sucesso que é apanágio" da sua história "mais do que centenária".

Antes, coube ao antigo ministro da Administração Interna Rui Pereira apresentar o movimento que, sustentou, representa "o sentir dos benfiquistas".

"Estamos a representar um grupo de benfiquistas que na realidade apenas tem por função comunicar aquilo que é hoje o sentir dos benfiquistas. Todos nós sabemos o quão importante é a obra que tem realizado o nosso presidente. E estamos aqui à sua revelia para o instar a continuar essa obra", disse o antigo governante.

Apontando Luís Filipe Vieira como "o obreiro do sucesso do Benfica nos últimos anos", Rui Pereira enalteceu as conquistas do clube "em cerca de 12 anos" de consulado do atual presidente do Benfica, nomeadamente os cinco títulos de campeão nacional de futebol ou o facto de na presente temporada ter alcançado os quartos de final da Liga dos Campeões.

"Tudo isto é condizente com a nossa história. Mas não é só por essas razões que apoiamos Luís Filipe Vieira, mas sim porque sabemos que nos vai dar muito mais alegrias, mais campeonatos, mais taças e até títulos europeus", comentou.

"Temos um presidente com qualidades invulgares que estão à altura do nosso clube. Discreto e sóbrio na comunicação. Fala do que é preciso, quando é preciso e como é preciso. Temos um presidente que é capaz de contrariar o sentimento comum para tomar decisões que no fim se revelam acertadas, quer na contratação de treinadores, quer nos desígnios estratégicos do clube relacionados com a formação", acrescentou.

Criado por Rui Pereira, António Simões e pelo professor universitário André Ventura, o movimento de apoio a um quinto mandato de Luís Filipe vieira conta com nomes como Agostinho Homem, Maria Susete Abreu, Joao Paulo Guerra, Júlio Machado Vaz, Telmo Correia ou Pedro Mota Soares.

O movimento anunciou ainda o lançamento de um sítio na Internet (www.vieirapresidente.pt), acessível a quem quiser deixar o apoio à recandidatura de Luís Filipe Vieira.

O atual presidente do Benfica foi reeleito a 26 de outubro de 2012 com 83,02% dos votos (Rui Rangel, o seu principal adversário, somou 13,83%).

O empresário Bruno Costa Carvalho, derrotado nas eleições de 2009 pelo atual presidente, chegou a anunciar a intenção de voltar a ser candidato nas eleições de outubro, mas, em abril último, voltou atrás, afirmando que Luís Filipe Vieira merecia continuar.