Simão Sabrosa, Félix e ainda Guardiola e Figo: "Será que posso falar?"

Simão Sabrosa, Félix e ainda Guardiola e Figo: "Será que posso falar?"
Paulo Nunes Teixeira

Tópicos

Antigo capitão do Benfica em entrevista à BTV.

Passagem pelo Barcelona, cheio de craques [Guardiola, Figo, Kluivert, De Boer...]: "Se olharmos para essa equipa são quase todos treinadores, jogar com o Figo, o grande ídolo, foi fantástico. Foi a minha maior dificuldade, sendo extremo pensava "onde vou jogar?", de um lado o Figo, do outro Rivaldo, tinha que esperar que estivessem castigados, ou cansados [risos]. Foram dois anos fantásticos, estava muito tempo com o Rivaldo e as conversas com o Guardiola... Ele já tinha sentido tático, pegava num papel, já me dizia as movimentações que devia fazer sem bola... No avião eu sentava-me no meio do Figo e do Guardiola e ele já com livros de futebol, muitos de golfe... Lia muito. "Será que posso falar?", pensava eu no meio dos dois. Eu com 19 anos acabei um treino cansado e o Rivaldo pedia me para cruzar para ele, porque queria mais".

João Félix: "Acredito que pode chegar à Bola de Ouro, tem tudo para ser, está a passar fase de adaptação, não é fácil. A forma jogar do Atlético é diferente do Benfica e os primeiros meses não foram nada fáceis, os adeptos querem golos e ele não esta a marcar. Sei que provavelmente incomoda ao João ser sempre substituído, mas que aproveite para ganhar, pensar na equipa, ele tem estar sempre fresco para atacar na equipa do Simeone".