Exclusivo Semana para acelerar revolução no Benfica: seis saídas e três entradas para resolver

Semana para acelerar revolução no Benfica: seis saídas e três entradas para resolver

Rui Costa e Rui Pedro Braz têm em mãos inúmeros dossiês, tanto de entradas como de saídas, que contam resolver em breve. O arranque da pré-época é já na próxima segunda-feira. Lateral, médio e extremo são os alvos por contratar, mas a missão de emagrecimento de choque do plantel ainda está por concretizar. Há seis elementos em excesso e ainda faltam reforços.

David Neres vai passar a ser, a partir de hoje, reforço de um plantel que conta com mais quatro novidades contratadas, um regresso e vários jovens promovidos das camadas jovens. Porém, a revolução colocada em marcha pelos responsáveis encarnados e centrada no novo treinador, o alemão Roger Schmidt, vai ser acelerada esta semana, tendo em conta que ficam a faltar exatamente sete dias para o arranque, na próxima segunda-feira, dos trabalhos de pré-temporada e muitos são ainda os dossiês pendentes.

Alexander Bah, Ristic e Musa, além do recém chegado David Neres, são os reforços já garantidos, mas o presidente Rui Costa, com o apoio do diretor desportivo Rui Pedro Braz, ainda têm mais alvos em vista. Com a previsível saída de Grimaldo, ficará a faltar mais um lateral canhoto, há necessidade de um médio - Enzo Fernández, do River Plate, é o nome em negociação - e outro extremo - Ricardo Horta, do Braga, é o desejado -, estando o reforço de outras posições dependentes de saídas. Além destes, entraram Florentino (regresso após empréstimo) e foram promovidos, nesta fase, Sandro Cruz, Martim Neto e Diego Moreira.