Seferovic garantido para julho

João Sanches

Tópicos

Tudo certo entre Benfica e agente do avançado para que este, em fim de ligação ao Frankfurt, assine já em janeiro.

Cobiçado há quase dois anos, Haris Seferovic, em fim de ligação contratual com o Eintracht Frankfurt (30 de junho de 2017), já não escapa ao Benfica. Segundo O JOGO apurou, o representante do avançado de 24 anos assumiu um princípio de entendimento com o presidente Luís Filipe Vieira que evoluirá para compromisso formal no próximo mês de janeiro, período em que, segundo o regulamento de transferências, o internacional suíço já poderá assumir oficialmente o clube que representará a partir de 1 de julho de 2017.

Salvo eventual alteração dos detalhes alinhavados, Seferovic ficará vinculado às águias por cinco temporadas (com salário a rondar um milhão de euros brutos/época), e é isso mesmo que o tricampeão português, como manda a lei, terá de comunicar ao emblema alemão, a exemplo do que fez, aliás, no início deste ano no contexto da aquisição de Carrillo, com o Sporting, ex-patrão do peruano, a ser objeto de notificação formal.

A 18 de novembro, recorde-se, já O JOGO dava conta de (novas) movimentações do Benfica no sentido de preparar as bases de negócio com vista à contratação de Seferovic, cuja incorporação, numa fase inicial das conversações, ainda chegou a ser admitida como possível em janeiro, mediante o pagamento de uma compensação ao Frankfurt na ordem dos dois milhões de euros.

Porém, em época de ataque à conquista do tetracampeonato, os encarnados, ainda envolvidos em todas as frentes competitivas na viragem do ano, torcem o nariz a modificações e hipotética instabilidade no núcleo de avançados a meio da campanha, tendo definido que a entrada de Seferovic fará mais sentido no verão, período em que Jiménez, Mitroglou, Jonas e Gonçalo Guedes estarão mais expostos aos "desejos" do mercado. A perspetiva do Benfica também agrada ao suíço, que, como jogador livre, terá direito a um prémio de assinatura mais chorudo.

"Avançado móvel, com bom controlo de bola, que sabe jogar e sai da área à procura de jogo", conforme definição feita a este jornal por Cacau, histórico atacante do Estugarda, Seferovic viu a sua utilização diminuir de forma drástica no Frankfurt nas últimas semanas por ter declinado estender a duração do seu contrato.