Saviola foi "preso" e agora não quer sair

Saviola foi "preso" e agora não quer sair
Sérgio Krithinas

Tópicos

As águias acionaram a opção de extensão do contrato em dezembro sem informar o jogador, pois a ideia era ganhar dinheiro com uma eventual transferência neste verão.

Javier Saviola está muito feliz em Portugal e não pretende deixar o Benfica, apesar de os encarnados pretenderem ver-se livres de um jogador com um dos salários mais altos do plantel e que está longe de ser das primeiras escolhas do treinador. O argentino até já poderia ser um jogador livre, pois o seu contrato original era de três temporadas, mas as águias acionaram a cláusula de extensão do acordo em dezembro sem sequer o informarem - como todos os termos estavam já contratualizados, bastou registar na Liga o vínculo por mais uma temporada. A ideia era poder ganhar algum dinheiro com uma possível transferência neste verão.

"Preso" ao Benfica por mais um ano sem que o clube tivesse ouvido a sua opinião, Saviola decidiu então que iria permanecer até final do contrato. Perto de completar 31 anos, o avançado sabe que dificilmente arranjaria um clube que lhe pagasse um salário semelhante ao que aufere na Luz - cerca de 1,5 milhões de euros limpos por temporada. Além disso, tanto ele como a família gostam bastante da vida em Lisboa. E ainda recentemente mudaram de casa, numa indicação clara de que não pretendem deixar Portugal tão cedo.

Para o Benfica, que acionou a cláusula de renovação de Saviola numa altura em que o argentino já começava a ficar fora dos planos de Jorge Jesus (depois disso, participou em mais oito partidas de campeonato, apenas três como titular), a ideia de ganhar algum dinheiro com a transferência acaba por sair furada, pois agora é o jogador que não pretende deixar Portugal. E, a menos que surja uma proposta louca que o faça mudar de ideias, o mais certo é que o internacional argentino permaneça mais um ano em Lisboa. Mesmo que seja cada vez menos utilizado por Jorge Jesus.