Saída de Gabriel do Benfica pode estar por horas: confira os pormenores do negócio

Saída de Gabriel do Benfica pode estar por horas: confira os pormenores do negócio
Vítor Rodrigues

Tópicos

Médio pode rumar nas próximas horas ao Al-Gharafa, do Catar, numa cedência válida até julho.

Pode estar por horas a saída de Gabriel dos quadros do Benfica, embora ainda de forma temporária. O médio tem acordo total com o Al-Gharafa, clube do Catar, para um empréstimo válido por uma temporada, faltando apenas que à Luz cheguem os termos acertados, e já negociados, em papel timbrado para que o acordo se consume.

O clube catari, que ocupa a terceira posição do campeonato, assume o pagamento do salário do jogador de 28 anos, na ordem dos 1,5 milhões de euros líquidos por ano - o Benfica desembolsa normalmente perto do dobro devido aos impostos -, devendo Gabriel ter ainda um acrescento, em forma de prémio, para aceitar a transferência para o Catar.

O acordo, sabe O JOGO, inclui ainda uma opção de compra, que pode render aos encarnados, caso seja acionado, um encaixe de seis milhões de euros por um jogador que não entra nos planos de Jorge Jesus, mas que implicou um investimento de quase dez milhões em 2018/19, quando foi contratado aos espanhóis do Leganés. Tal como acontece nos Estados Unidos da América, também no Catar a última palavra é da federação e é esse "pormenor" que separa o médio da hora de partida.

O negócio deverá consumar-se nas próximas horas e permitirá ao Benfica a resolução de um processo pendente, deixando de ter um ativo do clube a treinar-se sozinho e longe da preparação do plantel principal. Pelas águias, Gabriel soma uma centena de jogos, marca simbólica que completou precisamente em Guimarães, no final da temporada passada, onde os encarnados vão jogar já amanhã sem o brasileiro que está prestes a embarcar para Doha, capital do Catar.