Rui Rio comenta presença de António Costa na Comissão de Honra de Vieira

Rui Rio comenta presença de António Costa na Comissão de Honra de Vieira
Redação

Tópicos

Presidente do PSD refere que sempre achou má "a mistura entre a política e o futebol".

Rui Rio, presidente do PSD, comentou este sábado a inclusão do nome do primeiro-ministro António Costa na Comissão de Honra de Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica, a sensivelmente um mês das eleições do clube da Luz.

"Sempre achei mal. Não é a mistura entre a política e o desporto, pelo contrário, é entre a política e o futebol profissional. No passado combati isso, afastei-me porque hoje até há problemas quase de ordem judicial metidos nisto, mas nem vou aí", começou por referir o presidente do PSD, à saída da reunião do Conselho Consultivo social-democrata, em Coimbra.

"O futebol é, acima de tudo, emoção e a política tem uma componente de emoção, porque somos todos homens e mulheres, mas tem de ser racionalidade e não deve ser ditada por imperativos de ordem emocional ou de simpatia clubística. Nada disto faz sentido. Acho que quando estamos em cargos políticos de relevo, não só os de topo, devemo-nos abster de misturar estas coisas", sentenciou Rio.