Rui Costa fala em ataque ao Benfica: "asfixia mediática" e "devassa pública"

Rui Costa fala em ataque ao Benfica: "asfixia mediática" e "devassa pública"
Carlos Manuel Lopes

Tópicos

Os órgãos sociais do Benfica, com o presidente Rui Costa à cabeça, estiveram este sábado no pavilhão nº. 1 da Luz para a cerimónia de entrega a 1071 sócios - 38 anéis de platina, 347 emblemas de ouro e 686 de prata pelos, respetivamente, 75, 50 e 25 anos de vínculo ao clube.

Ano atípico: "Este foi um ano atípico. Um ano em que atravessámos profundas mudanças internas, mas, também, fomos alvo de grandes interferências externas. Caros consócios, temos assistido ao longo das últimas semanas a uma erosão sem precedentes da reputação e da honra do Sport Lisboa e Benfica. Mas quero deixar aqui muito claro perante todos: o que o Benfica conquistou, conquistou por mérito próprio. O Benfica quando ganhou, ganhou sempre porque foi melhor. Que não reste qualquer dúvida."

Ataque ao Benfica: "Nunca como nos dias de hoje a nossa união, a nossa coesão, uma intransigente defesa dos superiores interesses do Sport Lisboa e Benfica foi tão premente e tão decisiva. É com estranheza e sentida revolta que assistimos a uma asfixia mediática do Sport Lisboa e Benfica, numa depreciação sem paralelo da reputação do maior clube e da maior instituição desportiva em Portugal. Estamos há seis anos a ser enredados numa devassa pública do Sport Lisboa e Benfica, seja por emails que nos foram roubados, seja por escutas telefónicas onde, em muitos casos, não se afigura qualquer relevância criminal. Deparamos, com justificada indignação, com uma sistemática violação do segredo de justiça, com prejuízo grave para a imagem e a credibilidade do Sport Lisboa e Benfica."

Mudança: "Estes são igualmente tempos desafiantes, de transformação e mudança para o futuro que pretendemos construir e sedimentar com vitórias e títulos. Mudança que já começámos, que tem o seu tempo, mas, estou convicto, nos levará onde ambicionamos. Mas, reafirmo, onde todos precisamos de dizer presentes. Juntos. Unidos. Porque, dessa forma, o futuro será nosso."