"Roger Schmidt não se importa de sofrer dois ou três golos se marcar quatro ou cinco"

"Roger Schmidt não se importa de sofrer dois ou três golos se marcar quatro ou cinco"

Português Rui Mota já trabalhou com o treinador alemão e garante, em declarações à TSF, que privilegia um futebol ofensivo.

A revista alemã "Kicker" informa esta terça-feira que Roger Schmidt está praticamente fechado pelo Benfica para orientar o clube da Luz na próxima temporada. O português Rui Mota foi adjunto do técnico alemão no Beijing Guoan, da China, e traça o perfil do técnico de 55 anos, que privilegia um "futebol de ataque".

"Não se importa de sofrer dois ou três golos se marcar quatro ou cinco", afirma Rui Mota à TSF, em declarações que pode ouvir na íntegra AQUI.