Exclusivo Revolução de Jesus implica investimento de 100 milhões só no ataque

Revolução de Jesus implica investimento de 100 milhões só no ataque
Frederico Bártolo | Vítor Rodrigues

Tópicos

Sector ofensivo será o mais retocado, pois Cavani, Bruno Henrique e Cebolinha são pedidos do novo treinador

O plantel do Benfica de 2020/21, ao comando de Jorge Jesus, será bem diferente do atual e está em marcha um investimento avultado em aquisições. O técnico de 66 anos sinalizou uma série de jogadores que deseja ver negociados e o ataque é a principal aposta, já que Cavani, do PSG, e Bruno Henrique, do Flamengo, são alvos para serem a nova dupla de avançados.