Reunião marcada com Rui Costa e Darwin avaliado para sair em junho

Reunião marcada com Rui Costa e Darwin avaliado para sair em junho
Vítor Rodrigues

Tópicos

Empresário do avançado está em Lisboa e vai reunir-se com Rui Costa para saber quanto pretende o Benfica para libertá-lo.

O percurso de Darwin no Benfica pode terminar no final desta temporada, pois o jogador tem sido assediado por vários clubes europeus e embora não seja intenção dos encarnados libertá-lo já, as eventuais propostas podem ser tentadoras e acabar por convencer o clube a deixá-lo partir.

Apesar de as águias não estarem a fazer uma temporada positiva, o desempenho do internacional uruguaio tem despertado a atenção de muitos emblemas com peso do Velho Continente e é precisamente no seguimento de algumas abordagens que o empresário do avançado, Edgardo Lasalvia, se encontra em Lisboa para conversar com Rui Costa.

Segundo O JOGO apurou, o representante de Darwin vai reunir-se com o presidente das águias nos próximos dias para tentar definir o futuro do avançado. Lasalvia tem recebido várias abordagens e quer perceber em que condições o Benfica aceita libertar o jogador já em junho.

Além do conhecido interesse do Brigthon, no livro de apontamentos de Lasalvia há também nomes como o AC Milan, Inter, Atlético Madrid, Borússia Dortmund e o Arsenal. Contratado pelo Benfica ao Almería, da segunda divisão espanhola, por 24 milhões de euros, na época passada, Darwin assinou um contrato válido até 2025 e está blindado com uma cláusula de rescisão de 150 milhões de euros.

Esta época, o uruguaio participou em 17 partidas e marcou onze golos, três dos quais no anterior fim de semana no clássico contra o Belenenses, que iniciou o jogo com nove jogadores, entre os quais dois guarda-redes. Em 2020/21, esteve em 44 jogos, marcou 14 golos e fez 11 assistências. Na Liga dos Campeões, o camisola 9 das águias soma três golos, dois dos quais ao Barcelona (o outro foi ao Bayern Munique), na melhor exibição da equipa esta época.