Regresso de Jesus cada vez mais perto e Flamengo pensa em substituto português

Regresso de Jesus cada vez mais perto e Flamengo pensa em substituto português
Vítor Rodrigues

Tópicos

Dirigentes do Flamengo começam a dar por perdida a continuidade do seu treinador e já têm um alvo

O regresso de Jorge Jesus a Portugal e ao Benfica está cada vez mais perto de se concretizar e, mesmo não o admitindo publicamente, os dirigentes do Flamengo já estão no mercado à procura de alternativas e a última delas dá pelo nome de Marco Silva, treinador que também estava na lista das águias para suceder a Bruno Lage e que agora poderá "libertar" Jesus para voltar a orientar as águias.

Segundo noticiou ontem a TVI24, e confirmado a O JOGO por fonte próxima do processo, o empresário do ex-treinador do Everton, Carlos Gonçalves, já foi abordado para discutir a possibilidade do ingresso no Flamengo, sendo este um processo que está a dar os primeiros passos, além de este não ser o único nome em cima da mesa dos responsáveis do campeão brasileiro.

Com ou sem Marco Silva a atravessar o Oceano Atlântico, está cada vez mais próximo o retorno de Jorge Jesus ao futebol português e para pegar no Benfica no início da nova época, sendo esperados desenvolvimentos nas próximas horas. Esta madrugada, o Flamengo jogou com o Fluminense a final da Taça Rio, pelo que, em caso de vitória - o jogo arrancou depois do fecho desta edição -, o Fla terá uma paragem competitiva e Jesus abertura para voltar a Portugal e gozar uns dias de férias.

Será esta a janela que permitirá a Luís Filipe Vieira, líder das águias, reencontrar-se com Jorge Jesus e passar para o papel os números, em torno de 12 milhões de euros brutos, que terá o Benfica de gastar para ter Jesus e a sua equipa técnica, dando seguimento ao entendimento que existe entre ambos.

Será, portanto, em Lisboa que se irá concretizar o sonho de Luís Filipe Vieira, num cenário que apenas avança porque é cada vez maior a probabilidade de não se realizar a Taça Libertadores e, por isso, também não haverá Campeonato do Mundo de clubes, pelo que Jorge Jesus ficará liberto do seu compromisso com o plantel do Flamengo.

Em paralelo, a pressão da família e o crescente risco relacionado com o coronavírus - ainda ontem se confirmou um caso no próprio plantel do clube do Rio -, potenciam o desejo do técnico de voltar a Portugal, onde o espera um contrato de longa duração e a promessa de um plantel com qualidade para fazer figura nas provas europeias.

No entanto, o presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, citado pelo UOL, afirmou que o treinador português continuará no Mengão: "Futuro de Jorge Jesus? Isso aí têm de lhe perguntar a ele, mas ele fica".

Artigo atualizado às 15h46 de 9 de julho de 2020.