Rafa fecha a porta: dois clubes turcos levaram "não" como resposta

Rafa fecha a porta: dois clubes turcos levaram "não" como resposta
Rui Miguel Gomes

Tópicos

O extremo dos encarnados tomou a decisão ainda antes do dérbi com os leões. Um cenário de empréstimo mantém-se em aberto, mas esfriou nos últimos dias.

Contratação mais cara entre clubes portugueses - o Benfica pagou 16,8 milhões de euros ao Braga por Rafa em 2016 -, o internacional português tem sido pouco utilizado e a possibilidade de rumar à Turquia esteve em cima da mesa. No entanto, segundo O JOGO apurou, o extremo não vê com bons olhos a saída para aquele campeonato e já recusou cumprir a segunda metade da época no Besiktas, que surgia como principal candidato ao empréstimo do jogador.

À procura de um extremo para reforçar o sector, o emblema onde alinham Pepe e Ricardo Quaresma procurou a cedência de Rafa, tal como aconteceu no passado com Talisca, mas terá de encontrar alternativas dada a nega do jogador português. Também o Bursaspor, outro dos interessados na Turquia, viu recusada a pretensão de contar com Rafa. A reação do internacional português a estas investidas do mercado turco foi tomada ainda antes do recente Benfica-Sporting, jogo onde acabaria por entrar aos 73 minutos e no qual até deu uma resposta positiva. Também por essa razão, sabe O JOGO, a vontade da SAD encarnada em ceder Rafa esfriou em relação ao passado recente.