"Quem falou com Jesus não foi um jornalista, foi um responsável do Benfica"

"Quem falou com Jesus não foi um jornalista, foi um responsável do Benfica"

António Simões marcou presença no programa Visão de Jogo e comentou a atualidade do clube da Luz.

António Simões, velha glória do Benfica, marcou esta segunda-feira presença no programa "Visão de Jogo", da TSF, e reprovou a postura da estrutura do Benfica perante Bruno Lage. Em conversa com José Manuel Ribeiro, diretor de O JOGO, e o jornalista João Ricardo Pateiro, Simões mostrou não entender tanta especulação e falou mesmo sobre Jesus, mais uma vez apontado ao comando técnico.

"Houve um debate público que não ajudou Bruno Lage e as pessoas que em seu redor têm de tomar decisões", considerou. "Foi um inconveniente deixar a especulação toda sair e não haver aquela tal palavra de comando, liderança que tem de proteger Bruno Lage. Se é para não tomar decisões, então venham dar publicamente suporte e confiança a uma pessoa que merece consideração", continuou António Simões.

"Não gostei que tivesse saltado tanta coisa cá para fora para depois ser igual a zero", atirou, anotando "vários equívocos de toda a estrutura, que começa pelo homem que lidera", Luís Filipe Vieira.

Simões foi ainda questionado sobre as declarações de Lage após a derrota com o Santa Clara. "Jesus voltou a ser convidado. Tem uma relação com Vieira muito próxima, isso eu garanto. Quem falou com Jesus não foi um jornalista, a perguntar se queria ir para o Benfica. Houve gente responsável do Benfica que falou com Jesus, garantidamente. A especulação é aí. Não sei se Bruno Lage se referia a isso, mas se sim estava a falar verdade. No lugar de Bruno Lage não teria falado isso", comentou.

Não perca o programa Visão de Jogo todas as segundas-feiras e recorde a entrevista a António Simões.