Pochettino deu nega a Vieira e Benfica vira-se para outro nome ilustre

Pochettino deu nega a Vieira e Benfica vira-se para outro nome ilustre
Sérgio André/Vítor Rodrigues

Tópicos

Pochettino deu nega a Luís Filipe Vieira que aponta, nesta fase, a vários alvos e no topo está Unai Emery.

Luís Filipe Vieira corre contra o tempo para assegurar a substituição de Bruno Lage no comando técnico da equipa principal. Depois do argentino Mauricio Pochettino, segundo O JOGO apurou, o presidente dos encarnados avalia outros nomes e virou-se para o espanhol Unai Emery, também ele livre nesta altura, depois de ter sido despedido, em 2019, pelo Arsenal.

O líder encarnado já sabe que não poderá contar com Pochettino, ex-treinador do Tottenham, que deu nega ao Benfica, porque as suas pretensões salariais - ainda recebe nove milhões de euros dos "spurs" - não baixam ao ponto de encaixar na planificação benfiquista. Foi esta a conclusão dos contactos desenvolvidos pelo empresário Jorge Mendes, o mesmo que representa Bruno Lage, e que continuará a trabalhar com Luís Filipe Vieira também na situação de Emery e, em paralelo, de outros alvos, como é o caso de Marco Silva, como já noticiámos.

O espanhol de 48 anos, também considerado um treinador caro, conduziu o Arsenal ao quinto lugar na Premier League em 2018/19, mas acabou despedido devido a uma sequência de sete jogos sem vencer e às más exibições dos "gunners". Antes, orientou o PSG, tendo conquistado um título de campeão, duas Taças da Liga e duas Taças de França. Esteve também no Sevilha, onde venceu três Ligas Europa, uma delas ao Benfica (2014). Spartak de Moscovo, Valência e Almería foram outros dos clubes que treinou.

Pelo caminho ficou Bruno Lage, que na terça-feira chegou cedo ao Seixal, de onde saiu por volta das 16h00, já depois do Benfica ter comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários que estava a negociar a rescisão amigável com o técnico, desfecho que também deverá aplicar-se a parte da sua equipa de trabalho, nomeadamente o preparador físico Alexandre Silva e o observador Jhony Conceição.

O treino foi orientado pelo adjunto Nélson Veríssimo, que irá comandar a equipa no sábado, na receção ao Boavista, e até que seja contratado outro técnico. Os adjuntos Pietra e Marco Pedroso e o técnico de guarda-redes Fernando Ferreira também ficam.