Pizzi e Jesus: a origem do desentendimento e a intervenção de Rui Costa

Pizzi e Jesus: a origem do desentendimento e a intervenção de Rui Costa
Pedro Miguel Azevedo

Tópicos

Ao que foi possível apurar, Jorge Jesus não terá gostado de algumas palavras proferidas pelo camisola 21 após a partida no Estádio do Dragão.

De acordo com notícia avançada pela CMTV na noite de ontem, um desentendimento entre Pizzi e Jorge Jesus valeu o afastamento do atleta, um dos capitães, do grupo de trabalho no treino da equipa, informação confirmada por O JOGO ao final da noite.

Ao que foi possível apurar, terá sido o próprio treinador a tomar a iniciativa de pedir o afastamento de Pizzi do grupo. Nas próximas horas a questão vai ser analisada internamente, com a estrutura encarnada a procurar uma solução capaz de ultrapassar esta situação.

Ontem, segunda-feira, o camisola 21 treinou à parte dos colegas e sozinho, restando saber agora se voltará a ser reintegrado ou se permanecerá afastado durante uma eventual averiguação dos factos.

Segundo a informação apurada, na origem desta situação terão estado alegadas palavras de Pizzi no balneário após o clássico no Dragão, que não terão agradado ao treinador das águias, ele que até assistiu à partida num camarote por estar castigado, mas que teve conhecimento dos comentários do camisola 21 já à posteriori.

A mesma fonte contactada por O JOGO revelou ainda que Rui Costa tomou conhecimento deste conflito entre o treinador das águias e uma das figuras com mais peso dentro do grupo encarnado, tendo já falado com as partes e com o grupo. Esta manhã há novo treino no Seixal, antes do qual Pizzi saberá que instruções dará a SAD sobre o que será o seu futuro imediato, nomeadamente se prossegue afastado, se será suspenso até haver um inquérito ou se será reintegrado, cenário não afastado de momento.

Esta época Pizzi tem tido menos tempo de jogo do que em anteriores, ele que soma 903 minutos e apenas foi titular em dez das 26 partidas em que participou.