Pizzi e Gaitán nas alas

O internacional luso já está recuperado e volta à equipa. Depois da boa resposta, com dois golos, no regresso à competição, na Taça da Liga, o camisola 10 mantém-se no onze

O Benfica procura manter a pressão sobre o Sporting e ataca o embate com o Moreirense com uma dupla nova nas alas, pois Rui Vitória vai lançar Pizzi e Gaitán nos flancos do ataque. O camisola 10 deu uma resposta positiva no regresso à competição, no primeiro jogo da semana com o Moreirense, para a Taça da Liga, tendo marcado dois golos, enquanto o internacional português já está recuperado do traumatismo no tornozelo direito, sofrido ante o Arouca e que o obrigou a falhar a deslocação a Moreira de Cónegos.

Apesar de já terem alinhado em simultâneo em mais partidas, Gaitán e Pizzi foram apenas utilizados ao mesmo tempo por Rui Vitória como extremos em três desafios, sempre com triunfos para as águias; com o Braga (2-0, fora), com a Académica (3-0, na Luz) e com o Vitória de Guimarães (1-0, no Estádio D. Afonso Henriques).

Com a aposta de Rui Vitória em Gaitán para o onze inicial, Carcela, que aproveitou bem a ausência do internacional argentino para se afirmar como opção credível, volta a ser relegado para o banco de suplentes. O camisola 39 foi titular nas últimas quatro partidas para o campeonato, precisamente as que Gaitán falhou desde a lesão sofrida ante o Vitória de Guimarães.

Leia mais na edição impressa de O JOGO