O factor que afasta William do Benfica e a "solução" Florentino

O factor que afasta William do Benfica e a "solução" Florentino
Vítor Rodrigues

Tópicos

Contratação de William Carvalho é vista pelo líder das águias como demasiado cara e ainda torce o nariz a um possível empréstimo com cláusula de compra obrigatória. E ainda há... Florentino.

A ida do Benfica ao mercado em janeiro por um médio defensivo não está excluída totalmente, até porque na Luz a leitura aponta para que nos últimos dias de mercado possam surgir negócios de ocasião, como empréstimos em conta de jogadores de colossos europeus.

No entanto, Luís Filipe Vieira não tem nos seus planos novo investimento milionário em reforços e é aqui que se encaixa William Carvalho. O Bétis começou por exigir 20 milhões de euros para se separar do ex-Sporting, baixou para 18 milhões e agora, segundo a imprensa espanhola, até aceita um empréstimo com cláusula de compra obrigatória, que lhe permitiria um financiamento imediato. Esta cláusula não é bem vista pelo líder das águias, além de o salário do internacional português, a rondar os 2,5 milhões de euros, bater no teto salarial.

Além da intenção de permanência de Weigl e do elevado investimento inerente à vinda de William Carvalho, Luís Filipe Vieira vê encurtar-se o espaço no miolo pelo regresso de Gedson, que está a ser acertado com o Tottenham, mas também por causa de... Florentino. O médio-defensivo de 21 anos, cedido ao Mónaco, é visto pela estrutura do futebol como aposta para a próxima temporada, ou em caso de necessidade já em janeiro, pelo que não está nos planos colocar agora um reforço dispendioso a tapar-lhe um futuro lugar no plantel.