"O Benfica nunca me ofereceu qualquer bilhete", garante Bruno Costa Carvalho

"O Benfica nunca me ofereceu qualquer bilhete", garante Bruno Costa Carvalho
Redação

Tópicos

Candidato à presidência do Benfica respondeu a uma acusação nas redes sociais.

Bruno Costa Carvalho, candidato à presidência do Benfica, recorreu este domingo às redes sociais para negar a acusação de António Cunha Vaz, no sábado, num programa da CMTV, sobre o Benfica ter oferecido, em tempos, bilhetes para jogos ao candidato, à semelhança do que ocorreu com o juiz Rui Rangel.

"António Cunha Vaz disse, ontem à noite, na CMTV que, à semelhança do que aconteceu com o juiz Rui Rangel, o Benfica ter-me-á oferecido bilhetes para jogos, nomeadamente para a final de Turim. É completamente falso. O Benfica nunca me ofereceu qualquer bilhete para qualquer jogo. Nunca. Repito, nunca fui convidado pelo Benfica para nenhum jogo a minha vida inteira", começou por escrever.

"Por acaso, em Turim cumprimentei o juiz Rui Rangel quando ele estava a sair da camioneta dos convidados do Benfica. Eu não estava nessa camioneta e não fui convidado. Nem para esse jogo nem para nenhum outro. Espero que o Sr. António Cunha Vaz venha repor a verdade de imediato", continuou, antes de concluir:

"Acredito que a memória dele esteja a falhar, até porque estava com dificuldade em lembrar-se do meu nome. Deve ter-se esquecido que já estivemos juntos em reuniões e que ele já me ligou para o meu telemóvel algumas vezes. São truques fraquinhos para tentar desvalorizar-me".