Vieira: "O Benfica não antecipa receitas para pagar jogadores"

Vieira: "O Benfica não antecipa receitas para pagar jogadores"

Luís Filipe Vieira discursou na visita à Câmara Municipal da Covilhã, centrando-se na situação financeira do clube encarnado.

Luís Filipe Vieira foi recebido esta sexta-feira na Câmara Municipal da Covilhã, a propósito da inauguração das novas instalações da Casa do Benfica do município serrano. Num discurso aos presentes, o presidente do clube da Luz abordou a situação financeira dos encarnados, deixando uma garantia: "O Benfica só será nosso quando não tiver um rasto financeiro".

"Estamos gratos a todos os bancos que nos financiaram. Mas temos de cumprir. O Benfica quer pagar. O Benfica não antecipa receitas para pagar jogadores, no dia em que acontecer será para pagar a dívida. O Benfica tem de ter capacidade a nível financeiro e desportivo e só descansarei aí, quando deixarmos de falar de passivo. Esse compromisso que já assumi anteriormente é completar o que é importante para o Benfica. Voltar a ter a dignidade toda, ser respeitado em todo o mundo, voltar a ter as suas próprias instalações, voltar a produzir jogadores para as nossas equipas. Temos que cumprir copiosamente com toda a gente. Sempre o fizemos. O Benfica terá que liquidar a sua dívida. Em breve vai completar essa promessa. O próximo ano será um marco histórico para o Benfica", assinalou Vieira, antes de apelar à união entre sócios e adeptos face ao momento menos exuberante do clube no futebol.

"Nenhum de nós pode andar de cabeça baixa. Devemos ter bastante orgulho naquilo que fizemos todos juntos. A obra está à vista de toda a gente. Quando, desportivamente, as coisas não correm como queremos, é importante que todos continuemos juntos. É assim que penso. Nunca me vou desviar de uma promessa que fiz. Olhem para o lado e para a frente e orgulhem-se de ser benfiquistas. Não deve haver clube no mundo que recuperasse tão depressa como o Benfica. Tivemos a capacidade de acreditar. Assim foi possível chegar onde chegámos. Que seja um ano grandioso para o Benfica e rumo ao penta", rematou o dirigente máximo dos campeões nacionais.