"O Barcelona não é um capítulo encerrado. É a minha casa e não vou fechar a porta"

"O Barcelona não é um capítulo encerrado. É a minha casa e não vou fechar a porta"
Redação

Tópicos

"Feliz" no Benfica, pelo qual vai "até à morte", Grimaldo frisa que "nunca disse adeus" ao clube onde foi formado.

Jogador do Benfica desde janeiro de 2016, Grimaldo vai defrontar amanhã, quarta-feira, pela primeira vez o clube de onde saiu para a Luz e onde foi formado. O lateral-esquerdo reconhece que o reencontro vai ser "muito especial" e, garantindo estar "feliz" no Benfica, assume que voltar à Catalunha é um objetivo.

"O Barcelona não é um capítulo encerrado. O Barça é a minha casa e não vou fechar a porta de casa nunca. É claro que o Barcelona continua a ser um dos melhores e nunca lhe diria que não", confessa, em entrevista ao diário catalão "Sport".

Com 212 partidas de águia ao peito, Grimaldo tem sido frequentemente alvo de vários clubes, mas reforça que o Barcelona será um objetivo se deixar o Benfica. "Quando saí nunca disse adeus, foi um até logo. É a minha casa, estive lá oito anos. Estou muito bem no Benfica, muito feliz e sinto-me importante, mas claro que o Barcelona é a minha casa e guardo muito carinho", afirma, admitindo que "há muitos anos que esperava para ver se saía o Barcelona". "Quero voltar a Camp Nou e jogar ali."

Perante tanta emoção, e confessando que "até os pais" lhe perguntaram sobre se celebrará caso marque ao Barcelona revela: "Não vou comemorar se isso acontecer. Vou ficar contente porque quero ganhar o jogo e vou até à morte pelo Benfica, mas tenho muito respeito ao Barça, porque mesmo que não tenha jogado na primeira equipa formei-me como jogador e pessoa."