Exclusivo Ninguém chega desgastado: internacionais do Benfica com pouca utilização

Ninguém chega desgastado: internacionais do Benfica com pouca utilização

Vlachodimos foi o único dos internacionais do plantel encarnado a atuar em dois encontros completos. Dos sete com mais presença no onze das águias que jogaram nos últimos dias pelas seleções, só Otamendi fez 90 minutos, seguindo-se o compatriota Enzo Fernández, com 60. Ramos nem sequer competiu.

Os 12 internacionais do Benfica que estiveram ao serviço das respetivas seleções já estão de volta do clube encarnado. O balanço é positivo para vários deles no que diz respeito a resultados, mas principalmente para o clube, que respirou de alívio com a relativamente curta utilização da maioria.

Excetuando Vlachodimos, que fez a totalidade dos minutos nos dois jogos pela Grécia - além do desgaste ser menor em guarda-redes -, nenhum dos habituais titulares jogou mais de metade dos minutos que poderia ter feito na seleção.