Na mira do Benfica: Boca Juniors tem preço definido para libertar Villa

Na mira do Benfica: Boca Juniors tem preço definido para libertar Villa
Federico del Rio (Argentina)/Pedro Miguel Azevedo

Tópicos

Apesar da verba pretendida pelo extremo, o clube xeneize sabe que terá de baixar fasquia.

O Boca Juniors tem a porta aberta para permitir a saída do extremo Sebastián Villa, jogador que, tal como O JOGO adiantou em primeira mão, está sob mira do Benfica. Como explicado, o representante do internacional colombiano tem conhecimento da atenção que as águias têm sobre o atleta, que pretendem saber por que valores poderão, se for decidido, avançar com uma proposta.

Ao que sabe O JOGO, o Boca quer, para início de conversa, receber dez milhões de dólares, cerca de 8,2 M€ na cotação atual, mas esse valor pode decrescer.

Apesar de ter uma cláusula de 40 milhões de dólares (32,9 M€), Sebastián Villa tem tudo para deixar o emblema de Buenos Aires por valores muito mais acessíveis. A crise gerada pela covid-19, que nivelou por baixo o mercado de transferências, força o Boca a ser menos ambicioso no que pode exigir por Villa.

A juntar a isso, conforme apurámos, está a vontade do colombiano, de 25 anos, em mudar-se para a Europa e jogar num clube que o ajude a mostrar-se. "Gosto muito do Boca, estou-lhe muito agradecido, mas se amanhã me for dada a oportunidade de jogar na Europa irei fazê-lo. Um jogador quer crescer sempre mais e se Deus me permitir jogar na Europa, vou para lá", afirmou recentemente Sebastián Villa à Imprensa local.
O Benfica segue, portanto, a situação de um atleta que pode ser extremo ou segundo avançado e que, dada a saída de Pedrinho, e com Waldschmidt também negociável, poderá vir a reforçar o ataque das águias para 2021/22.