Muito pressionado pelo River Plate, Otamendi rejeita deixar já o Benfica

Muito pressionado pelo River Plate, Otamendi rejeita deixar já o Benfica
Vítor Rodrigues

Tópicos

Central argentino quer cumprir contrato com as "águias".

O River Plate está bem posicionado entre as preferências de Otamendi, mas não ainda o suficiente para o convencer a voltar já à Argentina. De facto, e segundo O JOGO apurou, o central argentino tem sido pressionado pelos responsáveis do emblema de Buenos Aires no sentido de procurar o regresso do jogador de 34 anos ao seu país, mas este está totalmente focado em cumprir o ano de contrato que lhe resta com o Benfica e em realizar uma época alguns furos acima das duas primeiras de águia ao peito, sem qualquer título conquistado.

Os responsáveis encarnados depararam-se também com esta informação dada a recente deslocação do diretor desportivo do Benfica, Rui Pedro Braz, a Buenos Aires, onde se reuniu com o empresário do médio Enzo Fernández, do River, e de Francisco Ortega, lateral canhoto do Vélez, clube onde Otamendi despontou para o futebol. Em paralelo, o irmão do defesa que também passou pelo FC Porto antes de ingressar no Manchester City revelou que a família está a torcer para que feche a carreira no River Plate.

Mesmo assim, Otamendi está focado apenas no Benfica, clube que o contratou em 2019/20, na sequência da venda da Rúben Dias ao Manchester City. Na primeira época, o defesa então avaliado em 15 milhões de euros assumiu-se de imediato como titular indiscutível sob o comando de Jorge Jesus, tendo feito 38 jogos. Na segunda, tanto com Jesus como a seguir com Nélson Veríssimo, foi titular em 43 partidas. O contrato expira no final da época e não está excluído o cenário de renovação, que será analisado com a nova época em marcha.