Lisandro está perto da renovação

Lisandro está perto da renovação
João Sanches

Tópicos

O mercado de transferências ainda está aberto, mas, nesta altura, até devido à saída de Luisão para Inglaterra, só uma oferta superior a dez milhões de euros arrancará o argentino do plantel encarnado.

Desbloqueador da vitória número um do Benfica no campeonato 2016/17 - saltou do banco e faturou, de cabeça, ainda na primeira parte da visita ao reduto do Tondela -, o central Lisandro López já manifestou ao presidente Luís Filipe Vieira a vontade de aceitar a oferta de renovação contratual, por mais duas temporadas (até 2020), que este lhe apresentou neste verão, apurou O JOGO.

Preso legalmente às águias por apenas mais dois anos, o internacional argentino saltou para as primeiras linhas do caderno de prioridades do líder dos encarnados no que diz respeito à gestão e salvaguarda dos ativos do plantel. Com o mercado em ebulição até ao fim de agosto, subsiste a possibilidade de o defesa se transferir nas últimas duas semanas da janela de negócios, mas, nesta altura, só uma oferta acima dos dez milhões de euros poderia induzir Vieira a autorizar a saída de um jogador pelo qual desembolsou cerca de cinco milhões - e sempre num contexto em que a reposição imediata (por um central qualificado, mas mais económico) fosse viável.

No elenco desenhado para a nova época, eram cinco os elementos que o treinador Rui Vitória tinha à disposição para o eixo defensivo: o já referido Lisandro e ainda Luisão, Lindelof, Jardel e Kalaica. Deste lote, todavia, acaba de saltar o veterano Luisão, transferido para o Wolves, de Inglaterra (ver mais informação na página 40), ele que entrara no último ano de contrato e tudo se conjugava para que o seu ciclo na Luz se encerrasse em maio de 2017. Kalaica, por sua vez, tem apenas 18 anos e ainda se adapta a exigências diferentes daquelas que viveu até junho último nas camadas jovens do Dínamo Zagreb. Com contrato até 2022, o internacional sub-19 croata é visto como aposta de futuro.