Exclusivo Laterais destacam-se: quarteto deixa marca num quarto dos golos do Benfica

Laterais destacam-se: quarteto deixa marca num quarto dos golos do Benfica

Grimaldo, Gilberto, Bah e Ristic deixaram a sua marca em quase um quarto do golos das águias, superando a época passada. Se o apoio de quem joga mais atrás tem sido muito aproveitado pelo Benfica, essa tendência é menos seguida pelos rivais. O Sporting contabiliza 12 participações em golo e o FC Porto apenas quatro

O Benfica segue imune a derrotas e com um caudal ofensivo que desaguou na obtenção de 72 golos em 27 embates. Várias são as armas que Roger Schmidt tem lançado, destacando-se uma que até tem sido potenciada pela estratégia do técnico alemão. Esta época, o peso ofensivo dos laterais está em alta e são 18 as participações em golo (remate ou assistência) assinadas pelos jogadores que atuam nos flancos da defesa.

Schmidt opta por extremos que jogam mais como interiores (como João Mário e David Neres), de forma a abrir avenidas que permitam as acelerações ofensivas dos laterais, em combinações com os extremos ou com os médios. Consequência disso mesmo, Grimaldo, Gilberto - assinou o terceiro tento da época no último jogo, com o Penafiel -, Bah e Ristic, que já atuaram nesta função defensiva, acumulam 18 participações em golo (sete tiros certeiros e onze assistências). Tendo em conta que uma das ofertas é para golo de um lateral, significa isto que o peso destes nos golos é de 23,6 por cento.