Jota estreou-se a titular e teve dois espiões ilustres na bancada

Jota estreou-se a titular e teve dois espiões ilustres na bancada
Filipe Alexandre Dias

Tópicos

Com contrato válido até 2022, João Filipe é o jovem do plantel das águias com uma blindagem menos fortalecida.

A dupla estreia de João Filipe, mais conhecido por Jota, teve direito a plateia especial, pois, segundo O JOGO apurou, nas bancadas da Luz na receção ao Dínamo Zagreb estavam emissários do Tottenham e do Bayern, que tinham o camisola 73 encarnado como um dos alvos da recolha de informações ao vivo.

Jota somou os primeiros minutos na condição de titular e acrescentou a presença em jogos da Liga Europa ao ainda curto currículo enquanto sénior, naquela que foi uma oportunidade para, durante os 62 minutos que alinhou frente ao campeão croata, tentar mostrar as qualidades que tem exibido na equipa B, na UEFA Youth League e ao serviço das seleções nacionais, pelas quais soma dois títulos europeus (sub-17 e sub-19) e uma final perdida (sub-19).

O avançado de 19 anos, que esta época já alinhou em cinco provas diferentes de clubes - Liga Europa, Liga, II Liga, Taça de Portugal e UEFA Youth League -, tem vínculo válido até junho de 2022, renovado em agosto de 2017, quando ainda alinhava pelos bês e pelos juniores das águias. Os responsáveis da SAD já iniciaram conversações com o jogador no sentido de prolongar a ligação e, à imagem do que aconteceu com Florentino, João Félix, Ferro e Gedson, subir a cláusula de rescisão para valores mais "seguros" do que os atuais 30 milhões de euros.

Em julho do ano passado, e segundo o nosso jornal noticiou, o Real Madrid chegou a oferecer 18 milhões de euros pelo dianteiro que, aos 15 anos, prestou provas no Manchester United e também no Barcelona. O líder das águias, Luís Filipe Vieira, recusou a saída do jogador lançado por Rui Vitória (Sertanense, na Taça de Portugal) que Bruno Lage promoveu em definitivo ao plantel principal em fevereiro.