Jorge Jesus processado em 7,5 milhões

Jorge Jesus processado em 7,5 milhões

Clube da Luz decidiu avançar com um processo ao seu antigo treinador, por aquilo que considera uma violação de contrato.

"O Benfica que quer o seu ex-treinador, que denunciou de forma unilateral o contrato que o vinculava ao clube, pague a cláusula indemnizatória correspondente e que estava estipulada no contrato", declarou esta segunda-feira, ao jornal Expresso, João Gabriel, diretor de comunicação do Benfica.

O clube da Luz, que não pagou o último salário ao agora treinador do Sporting e decidiu colocá-lo em tribunal por "violação do contrato".

[destaque:4733213]

"Seria estranho o Benfica pagar um mês em que um seu funcionário não apenas não trabalhou, mas, pior, trabalhou para outra entidade. Mas não é apenas isto que está em causa, a verdade é que, perante um contrato válido, houve uma das partes que o denunciou de fora unilateral e sem justa causa, portanto o Benfica vai agir na defesa dos seus interesses pela via que dispõe, que é a via judicial", acrescentou João Gabriel.

O diretor de comunicação do Benfica apelida ainda Jorge Jesus de "chico-espertismo", mas não só:

"Mas não é por ter ganho três títulos de campeão nacional e por poder continuar a ganhar fora daqui, não é por isso que deixa de ser um deslumbrado que acha que o mundo gira todo à volta dele, que entende que é melhor que Mourinho, mas nunca conseguiu nada de relevante na Champions, que vê os seus jogadores e adjuntos como peças descartáveis, que acha que todos têm a aprender com ele, mas ele não tem nada a aprender de ninguém..."