Jorge Jesus: "Deixámos que o Boavista pudesse pensar que podia ter hipótese"

Jorge Jesus: "Deixámos que o Boavista pudesse pensar que podia ter hipótese"
Redação

Tópicos

Declarações do treinador do Benfica, no final do encontro com o Boavista (3-1)

Jogo: "Uma vitória muito importante, por vários motivos. Fizemos uns primeiros 45 minutos melhores. Tivemos muita qualidade. Sofreu um grande golo do adversário. Quando o jogo podia ficar mais fácil, pela sua experiência e qualidade, não tivemos tanta bola. Com 3-1 não precisas de jogar no risco. Deixámos que o Boavista pudesse pensar que podia ter hipóteses."

Novos posicionamentos: "Nós ofensivamente temos vários posicionamentos. Tem muito a ver com o adversário. Procurámos os espaços vazios, para que o jogo possa ficar mais fácil. Vamos mudando várias vezes de posições."

Números bons: "São sinais positivos. Somos uma equipa em qualquer momento faz golo. Não precisámos de estar muito tempo a atacar. A única exceção foi em Kiev. Com o Rafa e com o Darwin, conseguimos destabilizar a última linha do adversário. Foi isso que aconteceu. Temos essa felicidade de ter esses dois jogadores. Fogem das características dos outros avançados do Benfica. Para uns jogos, são importantes, para outros não. Quando estava 3-1, procurei o Everton e o Pizzi para ter mais bola."

Adeptos: "Todas as equipas quando sofrem golos baixam a sua confiança. Já não estávamos habituados a jogar com adeptos. Agora que reapareceram...são diferentes. Empurram a equipa para o objetivo. Espero bem que continuem assim. Foi assim que me habituaram. Sinto-me confiante e seguro quando jogo no Estádio da Luz."