Jesus quer árbitros "com mais autoridade": "Hoje, até o gato se levanta no banco..."

Jesus quer árbitros "com mais autoridade": "Hoje, até o gato se levanta no banco..."

Treinador do Benfica projetou, esta quinta-feira, o duelo com o Tondela, relativo à 30.ª jornada da Liga NOS, sem deixar passar em branco o comportamento de colegas de profissão e outro staff durante os jogos

Respeito maior entre treinadores/mudança no futebol português: "Já que fala do Carlos Carvalhal, ele ofereceu-me uma garrafa de vinho depois do jogo em Braga. São culturas diferentes. Com os anos, os treinadores vão olhando para o jogo de forma diferente. A minha saída de Portugal fez-me ter outras perspetivas que, se calhar, não tinha. Todos temos de melhorar. Para que as coisas que aconteçam, houve qualquer coisa que aconteceu antes. Isso passa pelo jogo. Penso que os árbitros têm de ter mais autoridade no jogo. Eles têm autoridade, mas têm de se assumir mais."

Árbitros com mais autoridade: "Não há muitos anos, só o treinador podia falar no banco. Hoje, falam todos os jogadores - refiro-me a todas as equipas -, o roupeiro, o médico, até o gato se levanta no banco... Desde que não há público, toda a gente acha que tem a opinião e que deve interferir no jogo. Mesma coisa no jogo. Antigamente só o capitão é que se poderia dirigir ao árbitro. Hoje não. Todos os jogadores se dirigem ao árbitro. O árbitro não tem autoridade nenhuma porque não quer. Tem que se assumir. Há que fazer uma reciclagem. Quem tem direito na arbitragem deve dizer aos árbitros que têm autoridade para impor as regras do jogo. Quem não quiser, vai para a rua. Tão fácil quanto isto. Porque é que agora não é assim? Porque não há público. Depois origina outras situações... Os treinadores devem mudar uns com os outros também. Todos nós devemos melhorar o nosso produto. Tem jogadores e treinadores ao nível dos melhores do mundo. Estas situações fazem-me lembrar as confusões do futebol sul-americano. Temos que pensar e caminhar com uma ideia em defesa do futebol. É isto tudo que nos alimenta."