"Jorge Jesus não vai ter metade da adoração no Benfica"

"Jorge Jesus não vai ter metade da adoração no Benfica"

Abel Braga, técnico brasileiro que orientou o Flamengo antes de Jesus, aborda o regresso do português ao Benfica.

Abel Braga, técnico que já passou pelo futebol português, não concorda com o regresso de Jorge Jesus ao Benfica. No programa "Aqui com Benja", da Fox Sports, comentou a saída do treinador do Flamengo.

"No Benfica, Jorge Jesus não tem a metade da adoração que tem no Flamengo. No Flamengo, Jesus virou Deus. O que ele conseguiu nenhum dinheiro do mundo paga. Em importância de títulos em tão pouco tempo, se ele não foi o melhor, ele está entre os melhores. Foram títulos difíceis, um Brasileirão e uma Libertadores. Houve uma identidade muito grande na forma posicional e na forma mental para tentar equilibrar e mudar, jogou um futebol alegre", afirmou. "Houve uma identidade muito grande na forma posicional e na forma mental para tentar equilibrar e mudar, jogou um futebol alegre", disse ainda.

Abel Braga, que orientou o Flamengo antes da chegada de Jesus, lembrou também a saída do clube. "Fiquei a saber por um amigo meu em Portugal que o Flamengo tinha contratado Jorge Jesus. Liguei para o [presidente] Landim e disse: 'já sei que está a acontecer isto, vou amanhã ao Flamengo e vou despedir-me'. Isso é normal no futebol brasileiro, as coisas acontecem assim, é muito rápido, mas não por trás, você a trabalhar e por trás eles a negociar, isso para mim não é digno. Saí do Flamengo porque achei que não foram corretos na atitude", apontou.

Abel Braga, hoje com 67 anos, tem um vasto currículo no futebol brasileiro. Em Portugal orientou Famalicão, Belenenses e Rio Ave.