"Pjaca é uma mistura de Benzema e Ronaldo"

"Pjaca é uma mistura de Benzema e Ronaldo"
Marco Gonçalves

Tópicos

Antigo guardião do Sporting lançou Marko Pjaca no futebol sénior com apenas 16 anos e meio, no Lokomotiva, e não se poupa nos elogios, classificando-o como uma mistura de Benzema e CR7

Convencido pelas qualidades de Marko Pjaca, o Benfica já se colocou em marcha para atacar a contratação do atacante de 21 anos do Dínamo Zagreb, procurando garantir a "estrela" do futebol croata, como o classifica Tomislav Ivkovic. "Não há como ele na Croácia. Com a sua idade, é o melhor do país e um dos melhores da Europa", assegura a O JOGO o antigo guardião do Sporting, que bem conhece Pjaca, pois treinou o jovem futebolista no Lokomotiva, onde o lançou na equipa principal "com apenas 16 anos e meio": "Não enganava. Via-se que seria muito bom."

Desafiado a descrever as principais características do alvo encarnado, Ivkovic sublinha que Pjaca "é um extremo capaz de marcar muitos golos". "Este ano, já fez 11, oito na liga", sublinha, acrescentando: "Joga na perfeição em qualquer uma das alas, mas também é muito bom a jogar atrás do ponta de lança. É um avançado fantástico."

"É muito rápido e trabalha bem a bola. Consegue romper com facilidade as defesas e entrar muito bem na área contrária. Tem chegada à baliza e finaliza bem", sublinha, considerando Pjaca um "animal em termos físicos". "Impressiona pela sua capacidade física e isso ajuda-o a superar as dificuldades. Recentemente, precisou apenas de quatro semanas para voltar a jogar depois de ter sido operado à clavícula", conta, fazendo uma descrição curiosa do avançado: "É uma mistura de Benzema e... CR7. Tem a compleição física do jogador francês e algo do estilo de jogo do Cristiano Ronaldo."

Com 21 anos celebrados na sexta-feira, o internacional croata está, garante o antigo guardião leonino, "mais do que pronto para jogar no Benfica". "Está pronto para os grandes da Europa. É o único jogador no campeonato croata capaz de entrar de caras em qualquer equipa europeia", dispara. E acredita que "não tardará para que Pjaca atinja o topo do futebol europeu". "Não direi que seja igual a um Cristiano Ronaldo, mas vai de certeza atingir um patamar elevadíssimo", antevê.