Wolverhampton volta a pescar na Luz e negoceia João Carvalho

Wolverhampton volta a pescar na Luz e negoceia João Carvalho
Sérgio André

Tópicos

Objetivo do Wolves é estar na próxima temporada na Premier League. O médio-ofensivo fez a sua estreia na Liga dos Campeões diante do Basileia, na última terça-feira, e jogou os noventa minutos.

João Carvalho, ainda na terça-feira titular frente ao Basileia no fecho da participação do Benfica na Liga dos Campeões, pode ser o próximo jogador formado no Seixal a emigrar. O médio-ofensivo, que na última temporada esteve emprestado ao Vitória de Setúbal, está a ser negociado com o Wolverhampton, de Nuno Espírito Santo, num processo conduzido por Luís Filipe Vieira e o empresário Jorge Mendes e que pode render cerca de 15 milhões de euros às águias.

A confirmar-se o acordo, Carvalho poderá ser transferido em janeiro ou no final da época para o clube da Premiership. O médio irá reforçar o contingente português do Wolverhampton, que já tem nos seus quadros Diogo Jota, Hélder Costa, Rúben Neves, Ivan Cavaleiro, Roderick e Rúben Vinagre. O conhecimento profundo que tem dos jogadores lusos levou a que Nuno aceitasse a estratégia apoiada em Jorge Mendes, empresário dos jogadores e elemento decisivo nas transferências destes para o emblema inglês.

João Carvalho, de 20 anos, fez a formação no Benfica, tendo saído apenas no ano passado para ganhar outra rotina competitiva no Vitória de Setúbal. Mesmo fora da Luz, o médio acabaria por ser decisivo para os encarnados, pois foi o autor do golo do empate (1-1) dos sadinos no Dragão, impedindo que estes assumissem a liderança do campeonato. Nessa partida, também Bruno Varela, titular da equipa principal neste momento, foi determinante para suster o ataque adversário.

Além dos 90' diante do Basileia, na sua estreia na Champions, o médio já tinha atuado na terceira eliminatória da Taça de Portugal frente ao Olhanense, que os encarnados venceram por 1-0, com o golo a ser marcado por Gabriel Barbosa. João Carvalho atuou durante nove minutos, entrando para o lugar de Rafa. O médio tem contrato até 2021 e cláusula de rescisão de 60 milhões de euros..