Um feito com mais de 50 anos

Águias estão nas meias-finais de uma prova europeia pela segunda vez consecutiva, um feito que não acontecia... há largos anos

O Benfica qualificou-se pela 14ª vez na sua história para as meias-finais de uma prova europeia de futebol, sendo a terceira em quatro anos e a segunda consecutiva, feito que não conseguia desde 1963.

Os encarnados reforçaram igualmente a maioria absoluta no futebol português em termos de presenças nesta fase da prova, pois, todos os outros clubes juntos somam apenas 12, depois de o FC Porto ter falhado a sétima, ao cair com estrondo em Sevilha.

Ao eliminar o AZ Alkmaar (2-0 na Luz, após 1-0 na Holanda), o onze de Jorge Jesus igualou os feitos de 2010/2011 e da época passada, também na Liga Europa, e "bisa" umas meias-finais apenas pela segunda vez, mais de 50 anos depois. A única vez que o Benfica tinha estado em mais do que uma meia-final consecutiva aconteceu no início da década de 60 do século passado (1960/61, 61/62 e 62/63), quando conquistou os seus dois títulos de campeão da Europa. Depois dessas três presenças de "rajada" em meias-finais, o clube da Luz jamais tinha conseguido chegar à "antecâmara" de uma final europeia em épocas consecutivas, mas, por duas vezes (1980/81 e 82/83 e 1987/88 e 89/90), alcançou duas em três anos.

Sevilha, carrasco do FC Porto, Valência e os italianos da Juventus, que serão os anfitriões da final, marcada para 14 de maio, são os possíveis adversários do Benfica. Um embate com os transalpinos repetiria a edição 1967/68 da Taça dos Campeões. Então, a formação lusa rumou à final, após dois triunfos: 2-0 em casa, com golos dos malogrados José Torres e Eusébio, e 1-0 em Turim, com mais um do "Pantera Negra".

Os encarnados cumpriram a maioria das suas meias-finais na Taça dos Campeões na década de 60 do século passado, as primeiras em 1960/61 e 61/62, sagrando-se bicampeão. Chegaram ainda a esta fase em 62/63, 64/65, 67/68, 71/72, 87/88 e 89/90.

Na atual segunda prova da UEFA, e além da presença de 2010/2011 e 2012/2013, o Benfica também havia atingido as "meias" em 1982/83. Conta ainda duas presenças na extinta Taça das Taças, em 1980/81 e 1993/94.

Em termos de ranking português, o Benfica passou a contar 14 presenças nas meias-finais, contra seis do FC Porto, quatro do Sporting, uma do Boavista e outra do Braga.