"Tiago, eu fiz o meu trabalho, tenho a minha consciência tranquila", disse Jonas

"Tiago, eu fiz o meu trabalho, tenho a minha consciência tranquila", disse Jonas

Empresário de Jonas comenta ausência do avançado na convocatória de Tite, selecionador brasileiro.

31 golos marcados no campeonato não chegaram para Jonas ser chamado por Tite para os particulares do Brasil com Rússia e Alemanha, de preparação para o Mundial. Tiago Gonçalves, irmão e empresário do avançado, garante que o jogador está tranquilo.

"É natural que a gente tenha alguma esperança que ele tivesse uma oportunidade. Não teve. Porém, o Jonas é muito racional nisso. Quem conhece o Jonas de perto, [sabe que ele] sempre deu o passo certo. Sempre procurou agir pela razão, não pelo momento. Ele sabia que a convocatória podia vir ou não", afirmou Tiago Gonçalves à rádio TSF, reproduzindo depois as palavras de Jonas.

"Tiago, eu fiz o meu trabalho, tenho a minha consciência tranquila. Quanto à oportunidade vir ou não, não depende de mim e eu tenho de respeitar as pessoas que acham que existem outros jogadores à minha frente", contou.

"O professor Tite tem uma lista muito grande de nomes. Ele chegou a dizer que tinha mais de 70 nomes, por mais que se faça um trabalho como o Jonas está fazendo aí no Benfica, a quebrar recordes, a destacar-se de forma singular, temos de respeitar e o Jonas continua a fazer o seu trabalho. Atualmente a distância para o FC Porto diminuiu significativamente e isso é, claro, um incentivo muito grande para que Benfica e Jonas continuem a dar o seu melhor para irem em busca do pentacampeonato", terminou Tiago Gonçalves.