SAD do Benfica avança com nova emissão obrigacionista

SAD do Benfica avança com nova emissão obrigacionista

Anúncio foi feito esta terça-feira no site da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários.

A SAD do Benfica anunciou esta terça-feira que avançará com uma nova emissão obrigacionista, tendo por objetivo arrecadar até 25 milhões de euros de financiamento. A taxa de juro é de 3,75% e o período de subscrição começa a 3 de maio, sendo que esta emissão obrigacionista tem um prazo de três anos.

"O presente documento refere-se à emissão e admissão à negociação de até cinco milhões de obrigações, com o valor nominal unitário de cinco euros e global inicial de vinte e cinco milhões de euros, que poderá ser aumentado por opção do Emitente e Oferente através de adenda ao Prospeto até 14 de maio de 2019, inclusive, a emitir pela Sport Lisboa e Benfica - Futebol, SAD, em 21 de maio de 2019, com maturidade em 20 de maio de 2022, com taxa de juro fixa bruta de 3,75% ao ano", pode ler-se no site da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários.

A SAD encarnada recorre a uma emissão de obrigações que permitirá reembolsar os detentores de outros títulos emitidos no passado. O emblema da Luz lançou uma oferta pública de subscrição (OPS) e em simultâneo gerou igualmente uma oferta pública de troca (OPT), algo que pode acontecer no mercado a partir de abril de 2020 , com mudança direta pelas novas obrigações válidas até 2022. Em comunicado enviado à CMVM, a SAD do Benfica, O valor desta operação está fixado em 25 milhões de euros mas a SAD do Benfica pode aumentar o montante até ao próximo dia 14 de maio.