Processo das claques do Benfica: "A UEFA costuma ter a mão mais pesada"

Processo das claques do Benfica: "A UEFA costuma ter a mão mais pesada"

A providência cautelar interposta pelo Benfica junto do Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) pretende aplicar efeito suspensivo à interdição por quatro jogos do Estádio da Luz

A providência cautelar interposta pelo Benfica junto do Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) pretende aplicar efeito suspensivo à interdição por quatro jogos do Estádio da Luz. Ouvido pela Lusa, o especialista de direito de desporto, Emanuel Calçada, realça a aplicação de medidas pela UEFA, nas competições europeias, em casos de distúrbios. "A UEFA costuma ter a mão mais pesada, por assim dizer. Costuma punir com um ou dois jogos, em jogos de Champions ou Liga Europa. Se se considerou que quatro é adequado e proporcional, esse é o entendimento de quem julga", considerou.

Na terça-feira, o Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) puniu o Benfica com a interditação do Estádio da Luz por quatro jogos, uma decisão à qual os 'encarnados' anunciaram oposição com uma providência cautelar no Tribunal Arbitral do Desporto (TAD).

Em causa, está uma queixa apresentada pelo Sporting na época de 2016/17 contra o rival pelo apoio prestado a claques não legalizadas.