Maguire e 87 milhões de euros deixam Vieira descansado com Rúben Dias

Maguire e 87 milhões de euros deixam Vieira descansado com Rúben Dias

O central do Benfica era alvo do Manchester United, mas com o negócio de Maguire em ponto de concretização, dissipa-se o interesse no português.

A carreira de Rúben Dias deverá continuar a passar pelo Benfica, pelo menos mais uma temporada, depois de, na sexta-feira, o principal interessado no central das águias ter investido "apenas" 87 milhões de euros para contratar Harry Maguire, defesa inglês que alinhava pelo Leicester, numa transferência que passa a ser um novo recorde no que diz respeito a contratação de jogadores desta posição.

Com este negócio, que apenas carece de oficialização, deverá cair por terra a cobiça atual pelo camisola camisola 6 dos encarnados, até porque não é previsível que os "red devils" invistam a seguir mais 66 milhões de euros, valor estipulado como cláusula de rescisão no contrato do defesa de 22 anos das águias, até pela necessidade que possuem de reforçar outras posições, como o meio-campo e o ataque.

Dissipa-se assim um dos principais receios dos responsáveis encarnados, mais interessados em manter Rúben Dias no plantel pelo menos mais um ano do que encaixar já a referida verba, exigida por Luís Filipe Vieira para libertar o central formado pelas águias e que já é opção regular, inclusivamente, na Seleção Nacional. O Manchester United era encarado como o maior perigo, embora as interrogações não tenham sido totalmente afastadas, dados os ecos que existem do interesse, ainda por confirmar, do Manchester City e do Wolverhampton.

O próximo passo será o acordo entre o presidente do Benfica, o jogador e o seu empresário, Jorge Mendes, para a renovação e subida da cláusula de rescisão, sendo certo que Luís Filipe Vieira poderá ter de aumentar o jogador de um milhão líquido por época para perto do dobro.