Lyon vem a Lisboa por Rúben Dias

Pedro Miguel Azevedo

Tópicos

O líder dos franceses diz que o central "concorda" em ir para o seu clube e que quarta-feira estará em Portugal

O Lyon não desarma na tentativa de contratar Rúben Dias e, após várias insistências sem eco positivo por parte do Benfica, os responsáveis do emblema francês vão viajar até Lisboa para tentarem convencer Luís Filipe Vieira a vender o central de 21 anos. Segundo assegurou o presidente do Lyon, Jean-Michel Aulas, Rúben Dias já deixou claro que está pronto a rumar a França e, por isso, quarta-feira vem a Portugal para nova investida.

"O jogador concorda e quer vir, mas temos de convencer o clube [Benfica]. Por isso, quarta-feira vamos discutir com eles o assunto, após o jogo para a Liga dos Campeões [com o Fenerbahçe]. Vamos tentar terminar o que desejamos. Para chegarmos mais longe, precisamos de um central de nível muito alto e já discutimos com o Benfica o nome de Rúben Dias. Os valores que pedem são muito altos e a decisão não é fácil", assegurou Jean-Michel Aulas à televisão oficial do Lyon, reforçando declarações feitas pouco antes ao canal beIN Sports.

O dirigente, que nos últimos dias viu fugir outro dos seus alvos para o eixo defensivo - Yerri Mina, do Barcelona, optou pelo Everton de Marco Silva -, vê em Rúben Dias a solução ideal para reforçar a sua equipa, embora também tenha frisado que o português não é a única opção. "Temos mais outras duas possibilidades para a posição e estamos a trabalhar nos bastidores para fazer uma grande contratação antes do fecho das inscrições [dia 31 de agosto]", acrescentou. O JOGO sabe que no primeiro jogo com o Fenerbahçe, um olheiro do Lyon esteve na Luz a ver Rúben Dias, voltando a levar indicações positivas.

Da SAD do Benfica, o Lyon não espera facilidades, tendo Luís Filipe Vieira deixado claro não ter intenção de deixar sair Rúben Dias por um valor inferior ao da cláusula de rescisão: 45 milhões de euros. Os franceses terão recentemente mostrado disponibilidade para dar 30 milhões de euros às águias, quantia considerada insuficiente por Vieira, que até já perspetivou o camisola 6 como futuro capitão dos encarnados. No entanto, muito do desenrolar das negociações pode depender de um fator paralelo, ao que apurámos. Falhar a presença na fase de grupos da Champions fará óbvia mossa nas contas da SAD e isso pode implicar a equação da saída de ativos das águias, como é o caso de Rúben Dias, desde que por valores... irrecusáveis.